Quarta-feira
17 de Julho de 2024 - 

Previsão do tempo

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
32ºC
Min
24ºC
Chuva

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
35ºC
Min
27ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
32ºC
Min
24ºC
Chuva

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
35ºC
Min
27ºC
Parcialmente Nublado

TJRJ debate educação ambiental em encontro da A3P

Pablo Saldo, coordenador da Rede A3P e representante do Ministério do Meio Ambiente, falou sobre a importância da educação ambiental durante evento O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) recebeu, nesta sexta-feira (14/6), no Auditório José Navega Cretton, no Fórum Central, representantes de diferentes órgãos em encontro promovido pelas organizações que integram a Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P). O evento foi realizado um mês após o Tribunal receber o selo A3P do Ministério do Meio Ambiente pela implementação de práticas de sustentabilidade através da Secretaria-Geral de Sustentabilidade e Responsabilidade Social (SGSUS). Um dos temas debatidos foi a educação ambiental dentro da proposta do programa que busca estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade, como a reutilização de materiais, a reciclagem e a redução do consumo e do desperdício. A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente.  Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos. Durante a apresentação, foi exibido um vídeo que abordou a importância de uma instituição incorporar a educação ambiental em seu dia-a-dia, sendo necessária a formação dos servidores. Pablo Saldo, coordenador da Rede A3P e representante do Ministério do Meio Ambiente, ressaltou que a ambientalização institucional é um desafio a ser vencido com a definição de normas ou com o delineamento de estruturas de cursos, formações e transmissão de conteúdos.  “É preciso que a instituição promova comportamentos comprometidos com sociedades sustentáveis. A urgência do momento que vivemos hoje exige que tenhamos uma ação educadora ambientalista revolucionária. A humanidade toda precisa modificar o seu comportamento e isso só vai acontecer com uma revolução cultural nos valores, que é o que nos motiva. Sabemos que sem acesso à natureza em qualquer lugar não teremos outra perspectiva de vida”, destacou.  Trata-se de uma iniciativa que demanda o engajamento inpidual e coletivo, a partir do comprometimento pessoal e da disposição para a incorporação dos conceitos preconizados pela A3P. O principal instrumento para sua institucionalização é o Termo de Adesão, celebrado entre os órgãos e instituições interessadas e o Ministério do Meio Ambiente. O Termo de Adesão tem por finalidade integrar esforços para desenvolver projetos destinados à implementação da agenda. O encontro acontecerá até as 18h. Serão debatidos temas como iniciativas de sustentabilidade do TJRJ; Projeto dos Esforços Ambientais, Sociais e de Governança e o Painel de Governança e Sustentabilidade da Agência Nacional de Saúde Suplementar; Ações de sustentabilidade da Defensoria Pública; Projeto Semear, da Casa da Moeda Brasil; e a trajetória de boas práticas e conquistas do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/RJ). SV/MB Foto: Brunno Dantas/ TJRJ
14/06/2024 (00:00)
Visitas no site:  1370297
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.