Quarta-feira
01 de Fevereiro de 2023 - 

STJ recebe dispositivos de visão artificial e inaugura nova etapa na inclusão de pessoas com deficiência

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu, nesta terça-feira (29), três unidades de um dispositivo de visão artificial para auxiliar servidores, advogados e visitantes com qualquer grau de deficiência visual.Para o servidor Gildenildo Rodrigues do Nascimento de Santana, a cerimônia de entrega dos dispositivos deixou clara a importância que o tribunal dá para a inclusão das pessoas com deficiência. "É um orgulho muito grande o STJ se empenhar dessa forma", disse ele. Portador de deficiência visual moderada, Gildenildo avaliou que o novo equipamento vai ajudar em persas tarefas de sua rotina profissional, especialmente na leitura de textos, tarefa até agora impossível no caso de letras pequenas.Desenvolvido por uma empresa israelense, o OrCam tem o tamanho de um pen drive e, acoplado aos óculos, capta as imagens e repassa as informações em áudio para o usuário. Na entrega, houve uma demonstração das várias funcionalidades do dispositivo, como o reconhecimento facial ou a leitura de textos em três idiomas. Baseada em inteligência artificial, a tecnologia do equipamento proporcionou momentos inéditos para o servidor Elinaldo Camêlo Paiva, que é cego.Após alguns minutos de uso, o aparelho já havia memorizado o rosto dos ministros Ricardo Villas Bôas Cueva e Moura Ribeiro, e da ministra Maria Thereza de Assis Moura, presidente do tribunal, que estavam presentes no evento. O OrCam, acoplado aos óculos de Elinaldo, permitiu que ele perguntasse a um dos ministros quem estava ao seu lado – algo inimaginável sem o uso dessa tecnologia.Tribunal é modelo de inclusãoA ministra Maria Thereza de Assis Moura disse ter ficado impressionada após ver de perto o funcionamento da nova ferramenta de inclusão do tribunal, fruto de um longo processo da Comissão de Acessibilidade e Inclusão (ACI) – liderada pela ministra Nancy Andrighi e pela assessora-chefe Simone Pinheiro Machado de Souza –, iniciado ainda na gestão do ministro Humberto Martins (também presente no evento).A presidente da corte leu um texto no qual Nancy Andrighi (que não pôde comparecer) discorreu sobre a importância dada à inclusão pelo Judiciário, posição reforçada com a edição da Resolução 401/2021 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Para Nancy Andrighi, o STJ é um ícone nacional na promoção de acessibilidade, tanto para o público interno quanto para o externo (advogados e visitantes).Maria Thereza de Assis Moura elogiou o trabalho desenvolvido pela ministra Nancy à frente da ACI, bem como dos servidores e colaboradores da comissão e das demais áreas do tribunal na promoção da acessibilidade. Ela agradeceu ao ministro Humberto Martins por ter iniciado o processo de compra dos dispositivos quando era presidente do STJ.Segundo Simone Machado, da ACI, o STJ iria comunicar à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) a chegada dos equipamentos, que poderão auxiliar os profissionais com deficiência visual em sua atuação na corte.Um passo gigante em matéria de acessibilidadeDe acordo com o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, o STJ é referência em acessibilidade e inclusão, e muitas vezes serve de modelo para esse tipo de iniciativa no país. "É um passo gigante em matéria de acessibilidade que vimos hoje. Fico feliz pelo STJ dar continuidade a esse trabalho", declarou.O ministro Moura Ribeiro parabenizou a gestão atual e a anterior, os servidores e a empresa responsável pelo desenvolvimento de uma tecnologia revolucionária para o cotidiano das pessoas com deficiência visual.Abir Magid, diretor da Mais Autonomia Tecnologia Assistiva (representante da invenção no Brasil), relatou que o OrCam está disponível em mais de 800 escolas públicas no Brasil, com dados muito positivos de melhora no aprendizado e de baixa na evasão escolar. "São mais de 6,5 milhões de brasileiros com algum grau de deficiência visual, e menos de 1% trabalha com carteira assinada", comentou.
29/11/2022 (00:00)
Visitas no site:  1046476
© 2023 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.