Sábado
22 de Janeiro de 2022 - 

Culto ecumênico celebra Dia da Justiça

 Com mensagens de amor, paz, gratidão e harmonia foi realizado nesta quarta-feira (8/12), no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), um culto ecumênico em homenagem ao Dia da Justiça.    Representando a Igreja Católica, o monsenhor Sérgio Costa Couto ressaltou a importância da busca pela harmonia. “A melhor paz é a que conseguimos pela harmonia. É a missão do Judiciário também. Quanto mais harmônico o resultado, melhor, e, sobretudo, mais justo”, afirmou.  O desembargador Carlos José Martins Gomes, que dirige um grupo espírita no TJRJ, afirmou que hoje é um dia de comemoração, reflexão e gratidão. “Nós, envolvidos no aparelho judiciário, temos um grande compromisso, que é e realização da justiça. O recebimento do que é justo é devido a cada um. A justiça não está presente apenas no que julgamos, mas também nas nossas atitudes, no nosso comportamento social”, destacou.   Em seguida, o monge budista Rogério Lima lembrou que, dois anos atrás, no último ato ecumênico em que esteve presente, não sabíamos o que estaria por vir. “Estamos envolvidos em diversos papéis sociais. É importante que possamos vivenciá-los bem. Aprendemos a olhar para nós e para o outro em um momento histórico mundial”, disse, referindo-se à pandemia enfrentada.   Para o rabino Dario Bialler, foi emocionante retornar hoje ao Tribunal de Justiça do Rio. “Ano passado não pudemos estar juntos. É uma alegria genuína. Quando cheguei, já me senti bem-vindo. Alguém pode ser verdadeiramente um irmão ainda que pense de modo diferente ou não professe da mesma religião. Quanto mais abertos, mais crescemos. Passamos muito tempo postergando mudanças para amanhã e o tempo é hoje”, afirmou.   O evento foi apresentado pelo desembargador Ademir Pimentel, evangélico, que ressaltou que devemos ser instrumentos de Deus na realização da justiça. “Que a paz possa reinar em cada coração. Que o ano de 2022 seja marcado por muitas bênçãos e que o Poder Judiciário continue sendo este manancial de esperança, conforto e paz”, finalizou.   O evento contou ainda com a apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro (OSJRJ), que tocou as músicas Ave Maria; Jesus, Alegria dos Homens e Noite Feliz, entre outras.   Fotos: Brunno Dantas/TJRJ  SP/ MB  ​​​​​​​   ​​​​​​​
08/12/2021 (00:00)
Visitas no site:  692590
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.